Nesta quinta-feira, moeda norte-americana subiu 0,43%, vendida a R$ 5,5522. Na máxima da sessão, chegou a R$ 5,6730.

O dólar fechou em alta nesta quinta-feira (20), com as atenções dos investidores voltadas para as discussões em torno do orçamento do governo para 2021 e preocupações sobre a trajetória das contas públicas, após o Senado derrubar o veto do presidente Jair Bolsonaro ao reajuste salarial de servidores públicos.

A moeda norte-americana subiu 0,43%, vendida a R$ 5,5522. Na máxima da sessão, chegou a R$ 5,6730. É o maior patamar de fechamento desde 22 de maio (R$ 5,5842). Já o dólar turismo foi negociado ao redor de R$ 5,85

Na semana, o dólar passou a acumular alta de 2,26%. No mês, já subiu 6,43%, e no ano, de 38,47%.

Nesta quinta-feira, o Banco Central fez leilão de moeda à vista nesta sessão, colocando US$ 590 milhões para conter o avanço do dólar. A autoridade monetária também vendeu todos os 12 mil contratos de swap cambial tradicional disponibilizados em operação de rolagem.


Fonte: G1

Deixe seu Comentário