O governo australiano calcula que as fronteiras internacionais para turistas e estudantes estrangeiros permanecerão fechadas até o final de 2021, uma vez que esteja disponível a vacina contra COVID-19.

O tesoureiro federal, Josh Frydenberg, fez a previsão em discurso que proferiu no Clube de Imprensa, em Camberra, no dia seguinte à apresentação do novo orçamento federal, esta semana.

Já antes o CEO da Qantas, Alan Joyce, havia calculado que a reabertura das fronteiras seria a meados de 2021.

Josh Frydenberg disse , abre aspas, "As viagens internacionais, incluindo turistas e estudantes estrangeiros, se supõe que permanecerão fechadas até o final do próximo ano e logo voltarão gradualmente, com o tempo, e uma vacina que estará disponível ao final de 2021 é uma das suposições deste orçamento" - fecha aspas.

O orçamento federal também prevê que os estados e territórios reabram as suas divisas internas ao final deste ano.

Josh Frydenberg disse que as divisas internas fechadas custam postos de trabalho e que quanto antes se abram essas fronteras de forma segura para COVID, melhor, não só para essas comunidades locais e esses estados em particular, mas para todo o país.

No dia 20 de março, o governo federal fechou suas fronteiras a todos os cidadãos estrangeiros, incluídos quem tinha visto temporário, para limitar a propagação do coronavírus, deixando milhares de pessoas fora do país.

Desde então somente residentes permanentes e cidadãos podem entrar na Austrália, e são obrigados a passar por uma quarentena de 14 dias, em hoteis.

 

Via SBSPortugues

Deixe seu Comentário