A Nova Zelândia acaba de registrar sua taxa de fertilidade mais baixa de todos os tempos.

Os últimos dados do Stats NZ mostraram que a proporção de nascimentos em relação ao número de mulheres em idade reprodutiva era agora de 1,63 - bem abaixo da proporção de 2,1 necessária para manter o crescimento da população.

No ano de 2019, mais de 59.000 bebês nasceram na Nova Zelândia até setembro.

Na mesma época deste ano, houve 1300 nascimentos a menos no mesmo período.

A queda tem sido uma tendência na última década, disse Kim Dunstan, demógrafo sênior do Stats NZ.

"Eles mostraram um declínio constante desde de 2010, quando a taxa de fertilidade total era de cerca de 2,2 nascimentos por mulher."

Ele disse que as razões eram fatores sociais e econômicos.

A tendência foi provavelmente influenciada pelo aumento do custo e pela escassez de moradias, o que se reflete nos dados que mostram que a queda foi maior entre os menores de 35 anos.

"As taxas de fertilidade entre as mulheres mais velhas - 35 a 50 anos permanecem relativamente as mesmas de uma década atrás."

Dunstan disse que a infertilidade involuntária - que inclui os homens - também pode ser um fator.

"Mas, geralmente, a tendência que estamos vendo na Nova Zelândia e em outros países ao redor do mundo é em torno da escolha voluntária de ter filhos ou não.”

Dunstan disse que a queda pode continuar se o mercado de trabalho e as condições econômicas continuarem a impedir as pessoas de ter filhos.

Via RNZ

Deixe seu Comentário